Processo

Tribunal liberta 37 arguidos do caso Hells Angels

Tribunal liberta 37 arguidos do caso Hells Angels

Os 37 arguidos ainda em prisão preventiva ou domiciliária no caso "Hells Angels" vão ser libertados nos próximos dias. Alguns já foram libertados esta segunda-feira.

Segundo apurou o JN, os estabelecimentos prisionais estão a receber mandados de libertação assinados pelo juiz de instrução criminal, porque os arguidos no processo estão presos há demasiado tempo, sem que haja data para o início da fase de instrução do processo. Neste momento, encontravam-se em prisão preventiva 36 arguidos e em prisão domiciliária quatro.

Os elementos do grupo são acusados dos crimes de associação criminosa, homicídio qualificado, na forma tentada, ofensa à integridade física qualificada, extorsão qualificada, dano qualificado com violência, roubo, tráfico de estupefacientes, detenção de armas e munições proibidas, bem como consumo de estupefacientes.

Na sequência das buscas domiciliárias e não domiciliárias efetuadas foram apreendidas aos arguidos, para além do mais, armas, dinheiro e estupefacientes.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG