O Jogo ao Vivo

Premium

Tribunal obriga Montepio a devolver dinheiro pirateado

Tribunal obriga Montepio a devolver dinheiro pirateado

A Caixa Económica Montepio Geral vai ter de devolver os quase 29 mil euros que desapareceram da conta de um casal de Barcelos em apenas quatro dias e através de 58 operações bancárias feitas via Internet.

Ainda terá de pagar uma indemnização de 2500 euros à cliente. O banco pondera recorrer.

A decisão do Tribunal da Relação de Guimarães veio em sentido contrário à da primeira instância. Em Barcelos, a juíza tinha dado como provado que a detentora da conta, Diana Brito, inseriu no seu próprio computador todas as coordenadas do cartão-matriz e que, por isso, os alegados burlões conseguiram aceder à sua conta, fazendo desaparecer quase 29 mil euros através do serviço de "homebanking".