Exclusivo

Tribunal reintegra militares da GNR condenados por agressão a imigrantes

Tribunal reintegra militares da GNR condenados por agressão a imigrantes

O Tribunal da Relação de Évora (TRE) acaba de mandar reintegrar quatro militares da GNR que, em primeira instância, tinham sido condenados nas penas acessórias de proibição do exercício de funções, por se ter provado que invadiram domicílios, sequestraram e agrediram quatro imigrantes indianos que trabalhavam nas estufas de Vila Nova de Milfontes, no concelho alentejano de Odemira.

Estas agressões foram confirmadas pela Relação de Évora, que manteve as penas de prisão, suspensas, a que os quatro arguidos também tinham sido condenados pelo Tribunal Judicial de Beja, por quatro crimes de ofensas à integridade física, dois de violação de domicílio e dois de sequestro.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG