Exclusivo

"Tutti Frutti" já tem dezenas de arguidos e envolve 20 câmaras

"Tutti Frutti" já tem dezenas de arguidos e envolve 20 câmaras

PJ realizou buscas à Câmara de Lisboa para recolher documentos no inquérito que investiga alegada teia composta por figuras do PSD e PS.

A Polícia Judiciária (PJ) voltou, na terça-feira, à Câmara de Lisboa para realizar buscas no âmbito do processo Tutti Frutti que investiga crimes de corrupção, tráfico de influência, participação económica em negócio e eventual financiamento partidário envolvendo principalmente figuras do PSD e do PS. O megainquérito, que começou em 2017 e ganhou recentemente um novo impulso, já conta com dezenas de arguidos de vários quadrantes políticos e envolve nesta altura duas dezenas de autarquias.

De acordo com informações recolhidas pelo JN, as buscas de ontem foram ordenadas pelo Ministério Público (MP), que esteve nas últimas semanas a interrogar suspeitos e arguidos. Durante estas inquirições, apareceram novos factos com outras linhas de investigação. Surgiu então a necessidade de procurar documentos relacionados com as alegações dos arguidos e suspeitos, para ser possível confrontá-los. Parte desta documentação foi ontem recolhida na Câmara de Lisboa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG