Última Hora

Ucraniano condenado a 17 anos de cadeia por matar cidadão brasileiro no Porto

Ucraniano condenado a 17 anos de cadeia por matar cidadão brasileiro no Porto

Um cidadão ucraniano, de 41 anos, foi condenado, esta terça-feira, no Tribunal de São João Novo, no Porto, a 17 anos de prisão por ter assassinado Renê Oura, um cidadão brasileiro, cujo corpo foi encontrado, em dezembro de 2019, num descampado na zona de Francos.

O agressor, Oleksandr Kostyuchenko, foi ainda condenado à pena acessória de expulsão do país, após o cumprimento da pena, e proibição de retornar a Portugal por um período de cinco anos.

Renê Oura, de 46 anos, havia chegado ao Porto no dia 4 de dezembro de 2019, três dias antes de o seu corpo ter sido encontrado. A vítima terá conhecido Oleksandr Kostyuchenko e confessou ter algum dinheiro, pretendendo comprar droga, o que terão feito no bairro de Francos.

Consumiram a droga num local ermo, refere a Acusação, após o que o arguido agrediu a soco e asfixiou Renê Oura, roubando-lhe o telemóvel, a carteira e cerca de 800 euros.

O corpo do cidadão brasileiro foi encontrado por uma pessoa que passava no local e alertou as autoridades. Tinha o rosto desfigurado, mas foi identificado por documentos encontrados no local.

Oleksandr Kostyuchenko havia sido detido no início de janeiro do ano passado, tendo aguardado julgamento em prisão preventiva.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG