GNR

Usavam café em Albufeira para vender droga e branquear dinheiro

Usavam café em Albufeira para vender droga e branquear dinheiro

A GNR deteve, em Albufeira, quatro homens e uma mulher, suspeitos de tráfico de droga. Os detidos exploravam um café onde vendiam a droga e, ao mesmo tempo, branqueavam o dinheiro obtido com o tráfico.

A investigação do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Albufeira durou cerca de 11 meses e levou à detenção de cinco pessoas, com idades compreendidas entre os 37 e os 49 anos.

De acordo com a GNR "os suspeitos exploravam um café onde vendiam estupefacientes a clientes e que, ao mesmo tempo, serviria para "branquear" os lucros financeiros obtidos ilicitamente com a venda dos estupefacientes".

O grupo dedicava-se principalmente ao tráfico de heroína e estendia a atividade aos concelhos de Portimão, Silves e Lagoa. Refere a GNR que, "como forma de pagamento, para além de dinheiro, recebiam também de alguns clientes joias e outros artigos furtados".

No decurso de mandados de busca domiciliária, em estabelecimento e em veículos, a GNR apreendeu 13.703 doses de heroína, 1.211 de MDMA, 90 de cocaína, 17 mil euros em dinheiro, meio quilo de ouro, um veículo, uma bicicleta, três balanças de precisão, cinco televisores e dez telemóveis.

Um dos detidos foi libertado e os restantes vão ser ouvidos esta quinta-feira no Tribunal Judicial da Comarca de Faro.

A operação contou com o reforço da Unidade de Intervenção, do Destacamento de Intervenção do Comando Territorial de Faro e do Destacamento Territorial de Albufeira.

Outras Notícias