Vila Nova de Famalicão

Usavam casos fictícios de crianças para burlar

Usavam casos fictícios de crianças para burlar

A PSP de Famalicão deteve, esta quarta-feira, três indivíduos de 35, 40 anos e 68 anos suspeitos de burla.

Os suspeitos estão indiciados de burla através de uma associação de apoio social. Os donativos eram pedidos por várias associações, a maioria fictícia para auxiliar crianças doentes que não existiam.

Terão sido burladas cerca de duas mil pessoas de Famalicão, Guimarães, Porto e Santo Tirso num valor que ronda um milhão de euros.

A PSP efetuou buscas domiciliárias esta manhã e apreendeu documentação.

Outras Notícias