África do Sul

O hotel de luxo onde Rendeiro foi detido

O hotel de luxo onde Rendeiro foi detido

João Rendeiro foi detido, este sábado, numa guest house de cinco estrelas no subúrbio de La Lucia, na cidade costeira de Durban, na África do Sul. O hotel de luxo dispõe de piscina exterior e está apenas a cinco minutos da praia.

O Forest Manor Boutique Guesthouse foi o refúgio eleito pelo ex-banqueiro português para a sua estadia na África do Sul. A 15 quilómetros do centro de Durban, o hotel de requinte dispõe de uma luxuosa piscina com um pátio onde os pequenos-almoços são servidos e um quarto individual custa a partir dos 99 euros por noite.

A decoração elegante e moderna dos quartos e suites condiz com o estilo do Forest Manor que pretende providenciar uma experiência de excelência a quem visita a região. Todos os quartos têm também ar condicionado, televisão e mini-bar. Os hóspedes têm acesso à Internet em todas as zonas da propriedade.

O Forest Manor está a cinco minutos da praia, têm ao seu redor alguns dos melhores campos de golfe do mundo, e está a apenas 20 quilómetros do Aeroporto Internacional King Shaka.

Era nesta propriedade de luxo que João Rendeiro estava quando foi surpreendido pelas autoridades sul-africanas às 7 horas locais (5 horas em Lisboa).

PUB

O antigo banqueiro obteve autorização de residência naquele país africano no dia 10 de novembro, mas pendia sobre ele um mandado de detenção internacional. Está agora detido numa esquadra da polícia, em Durban, e comparecerá no Tribunal da Magistratura de Durban na segunda-feira como parte do processo de extradição.

O antigo presidente do Banco Privado Português (BPP) foi condenado no final de setembro a cinco anos e oito meses de prisão efetiva num processo por burla qualificada.

O colapso do BPP, banco vocacionado para a gestão de fortunas, aconteceu em 2010, já depois do caso BPN e antecedendo outros escândalos na banca portuguesa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG