Confrontos entre moradores do Bairro Casal do Silva, na Amadora, envolveram disparos de armas de fogo, na tarde do último domingo. PSP foi obrigada a permanecer no local durante várias horas.

Vídeo

Confrontos em bairro da Amadora envolveram tiros

Confrontos em bairro da Amadora envolveram tiros

Em vídeos publicados nas redes sociais é possível ver, pelo menos, dois homens a empunhar pistolas enquanto se ouve o som de tiros. A PSP foi acionada e permaneceu no local até ao início da madrugada do dia seguinte. Não houve detenções.

Nas imagens recolhidas por habitantes do bairro é possível ver dois grupos em confronto. Contudo, homens e mulheres raramente se enfrentam em lutas corpo a corpo. Preferiram procurar a proteção das esquinas dos prédios e, dali, arremessar pedras, paus e garrafas em direção aos oponentes.

Foi também escondido pela parede de um dos blocos habitacionais que um indivíduo tentou efetuar um disparo, mas a arma parece ter encravado.

Noutro vídeo, um homem, adversário do primeiro atirador, também é visto com uma pistola na mão enquanto tenta deslocar-se na direção dos oponentes. Foi impedido por familiares e amigos e regressou ao carro após se livrar da pistola.

Devido aos confrontos, Equipas de Intervenção Rápida da PSP, apoiadas por carros patrulha, foram enviadas para o bairro e ali se mantiveram por várias horas. Só pela 1 hora de segunda-feira, com os ânimos mais serenos, é que o dispositivo policial foi desmobilizado.

Até ao momento, não foi feita qualquer detenção no âmbito de um tumulto que terá provocado apenas um ferido. Uma criança foi atingida por pedras arremessadas por um dos grupos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG