Exclusivo

Viola namorada durante quatro horas e tenta matá-la à facada

Viola namorada durante quatro horas e tenta matá-la à facada

Alcoolizado e em fúria, porque a companheira se queria separar dele, violou-a, na casa que partilhavam, em Famalicão, ao longo de quatro horas. No mesmo dia, munido de uma faca, foi ao local de trabalho da vítima e atingiu-a com sete golpes, em várias partes do corpo.

O agressor, de 37 anos, foi logo detido e acaba de ser acusado, pelo Ministério Público (MP) de Guimarães, de crimes de violência doméstica e tentativa de homicídio.

De acordo com o despacho de acusação, o casal viveu junto durante sete anos e teve uma filha. A 1 de julho do ano passado, no entanto, a mulher informou o companheiro de que queria separar-se. Disse-lhe que não suportava mais o seu comportamento, alterado pelo consumo excessivo de álcool e marcado pelos insultos e pelos ciúmes constantes. Aguentou um ano e meio de maus-tratos que, muitas vezes, foram presenciados pela filha de ambos e por outra criança, fruto de uma anterior relação da mulher. Segundo o MP, o indivíduo acusava muitas vezes a vítima de o trair com outros homens, usando, para isso, a residência de uma colega de trabalho.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG