Relatório

Violência doméstica justifica um terço dos homicídios

Violência doméstica justifica um terço dos homicídios

Um relatório feito pela Associação de Apoio à Vítima (APAV), com base em notícias dos órgãos de comunicação social publicadas, registou 84 homicídios ocorridos em Portugal, no ano de 2021. Um terço dos casos - 28 homicídios - aconteceu em contexto de violência doméstica.

Nestes 28 homicídios em contexto de violência doméstica, 18 vítimas eram mulheres e dez eram homens. Entre aquelas 18 vítimas do sexo feminino, 12 foram mortas por companheiros ou ex-companheiros.

Os distritos do país onde houve mais homicídios foram os de Lisboa, 24; Porto, com 11; Setúbal, com nove; e Coimbra, com seis. A APAV não registou qualquer homicídio em contexto de violência doméstica nos distritos de Viana do Castelo, Bragança, Guarda, Castelo Branco, Portalegre e Beja.

Além dos 84 homicídios registados em Portugal, a APAV também colheu informação de homicídios de cidadãos portugueses no estrangeiro, com uma predominância de vítimas do sexo masculino.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG