Exclusivo

Violou a esposa e deu-a como desaparecida

Violou a esposa e deu-a como desaparecida

Um homem, de 43 anos, deu como desaparecidas a mulher e as três filhas e solicitou, através das redes sociais, informações que permitissem apurar o seu paradeiro. Porém, as familiares nunca estiveram em perigo, pois foi de livre vontade, e para escapar a 20 anos de insultos e ameaças de morte, que abandonaram uma localidade de Vila do Conde.

A esposa chegou a ser violada, após deixar de partilhar a cama com o marido. O indivíduo foi detido na quinta-feira.

O casamento foi sempre tumultuoso, devido aos hábitos de consumo excessivo de álcool por parte do então distribuidor. Sobretudo aos fins de semana, na sequência de muitas horas passadas em cafés, o indivíduo insultava a esposa e garantia que havia de a matar por ela lhe ser infiel. A vítima tudo aguentou, até que, em 2018, deixou de dormir e de manter relações sexuais com o marido. A decisão não foi bem aceite pelo agressor que, no verão do ano passado e após várias tentativas para concretizar uma relação sexual, violou a esposa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG