Premium

Violou três crianças protegidas em instituição

Violou três crianças protegidas em instituição

Agressor, de 17 anos, estava acolhido pelo Estado no mesmo local, no Grande Porto, e já se encontra em prisão preventiva. Vítimas têm entre oito e 13 anos.

Um rapaz de 17 anos está em prisão preventiva desde quinta-feira por suspeita de crimes de violação e abuso sexual, com grande violência, sobre três crianças acolhidas na mesma instituição em que ele próprio se encontrava há 10 anos, após ter sido afastado da sua família no âmbito de um caso de violência doméstica. A Polícia Judiciária (PJ) do Porto recolheu indícios que apontam para que os crimes tenham acontecido ao longo de dois anos (2018 e 2019), numa instituição de acolhimento dos arredores do Porto que trabalha para a Segurança Social.

As vítimas, três rapazes com idades entre os oito e os 13 anos, já foram formalmente ouvidas para memória futura e estão a ser alvo de acompanhamento médico especializado. Estavam todas a cargo do Estado, depois de terem sido retiradas às suas famílias em contextos de maus-tratos ou de falta de meios de subsistência.