Em 2012, Fernanda Matos, a Teresinha de Aniki Bobó, viajou com o JN até 1942, ano em que Manoel de Oliveira estreou a sua primeira longa metragem. Ao recordar o cineasta, Fernanda justificou a sua longevidade: "só começamos a envelhecer quando deixamos de sonhar".

Aniki Bobó

Teresinha de Aniki Bobó recorda Manoel de Oliveira

Teresinha de Aniki Bobó recorda Manoel de Oliveira

ver mais vídeos