Vítor Pereira, presidente do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol, explicou, em entrevista ao JN, a nomeação de Marco Ferreira para a final da Taça de Portugal. O madeirense, recorde-se, desceu de categoria, mas os responsáveis pelo órgão federativo não tinham conhecimento das classificações à data da escolha.

Vídeos

"Se soubesse que Marco Ferreira descia, não o nomeava"

"Se soubesse que Marco Ferreira descia, não o nomeava"