Santa Maria da Feira

Parque natalício Perlim ultrapassa 100 mil visitantes

Parque temático Perlim

Foto Artur Machado / Global Imagens

Parque temático Perlim

Foto Artur Machado / Global Imagens

Parque temático Perlim

Foto Artur Machado / Global Imagens

Parque temático Perlim

Foto Artur Machado / Global Imagens

O visitante 100 mil de Perlim

Foto Dr

O visitante 100 mil de Perlim

Foto Dr

O visitante 100 mil de Perlim

Foto Dr

O Perlim, parque temático dedicado ao Natal, situado na Quinta do Castelo em Santa Maria da Feira, atingiu esta quarta-feira 100 mil visitantes.

O sucesso do evento leva a organização, empresa municipal Feira Viva, a pensar na possibilidade de este e outros eventos serem prolongados ao longo do ano.

"Gostamos muito do Perlim e estamos aqui pelo segundo ano consecutivo", afirmou, ao JN, o visitante número 100, Lucas Vila Boa, de Vigo.

Surpreendido com todos os festejos que a sua entrada provocou, este espanhol que viajou com a esposa e duas filhas explica o motivo da sua satisfação em visitar o parque temático. "Gostamos muito do ambiente, do castelo, Pai Natal e das diferentes atuações que aqui podem ser vistas", disse.

Lucas Vila Boa revelou, ainda, que descobriu o Perlim através de um blogue da especialidade. "Há muito espanhóis a visitarem o Perlim e eu recomendo", concluiu ao mesmo tempo que prometia nova visita para o próximo ano.

Ganhou um "voucher" com entradas gratuitas para o Perlim e Viagem Medieval, em 2017, e uma tela com a inscrição "Perlim - 100 mil".

"Superamos todas as nossas melhores expectativas", confessou o presidente da Câmara Municipal, Emídio Sousa, que presidiu à cerimonia do visitante 100 mil.

O autarca diz que o resultado é, em parte, devido ao investimento efetuado na promoção em Espanha, particularmente na Galiza. "O resultado está à vista", afirmou perante a presença elevada de espanhóis. E anuncia que continuará a aposta no mercado Espanhol, também na zona de Castela.

O responsável pela Feira Viva, Paulo Sérgio Pais, refere a sua "felicidade" pelos números alcançados e alude ao crescimento de espanhóis que estará, "acima dos 30% do total de visitantes".

Anuncia que será necessário "pensar o futuro de Perlim" e outras iniciativas do género. "Reflexões que podem passar por uma dinâmica mais continuada", ou seja, "prolongar no tempo algumas das iniciativas já existentes e o surgimento de outras, numa dinâmica de continuidade", esclareceu.

"A Quinta do Castelo pode adaptar-se para outras épocas do ano", concluiu.