Cinfães

Município tira partido da beleza natural para crescer no turismo

Empreender para diluir assimetrias.

A Rede de Apoio à Atividade Económica criada no Tâmega e Sousa foi "lançada num contexto desfavorável", o que faz com que, garante o presidente da Câmara de Cinfães, Armando Mourisco, "a sua mais-valia ainda seja mais apreciada e necessária".

"Estes esforços, aliados aos programas de cada município, estão a relançar a economia e em Cinfães temos tido resultados muito interessantes, que mostram que não devemos esconder-nos atrás dos velhos problemas, mas procurar soluções adaptadas a cada realidade concelhia. Estes projetos integrados, assumindo cada diferença, são imprescindíveis", defende. Importante para o reforço da competitividade da região tem sido também o Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e Emprego gerido pela Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM-TS). "Tem ajudado, mas pode e deve servir ainda mais, pois as assimetrias ainda se notam e temos de ter a coragem de apoiar ainda mais quem precisa. Quando falamos em maior apoio, não estamos a referir apenas financeiro, mas sim administrativo e burocrático. A maioria dos interessados ainda olha para o empreendedorismo com receio, pois a carga burocrática, a dependência de consultores e a distância aos centros de decisão criam enormes diferenças entre o litoral e o interior e entre as partes mais industriais e mais rurais", refere o autarca. Apesar dessas dificuldades e assimetrias, o edil de Cinfães não tem dúvidas de que, hoje, o Tâmega e Sousa "é uma região mais empreendedora, fruto do trabalho da CIM-TS e dos municípios". "É um trabalho contínuo de todos e que se encontra cada vez mais aperfeiçoado e capacitado, no sentido de proporcionar mais igualdade para todo o território. Essa igualdade trará uma maior cultura empreendedora ao território, nomeadamente às zonas de baixa densidade", acrescenta. Os resultados da "cultura empreendedora" referida refletem- - se, com especial enfoque, no setor do turismo. "Em Cinfães, que tira partido da sua imensa e única beleza natural, que vai desde os rios Douro, Paiva, Bestança, Cabrum, Sampaio e Ardena, até aos "picos" da Serra do Montemuro, e que proporciona cenários fantásticos para os aficionados dos vários desportos de natureza, temos tido um aumento significativo de visitantes. Este trabalho tem levado muitos particulares a investirem na criação de empresas de animação", salienta Armando Mourisco.