Ponte de Lima

Energia de jardins contagia o ministro do Ambiente 

Energia de jardins contagia o ministro do Ambiente 

O ministro do Ambiente, Francisco Nunes Correia, pôs ontem de parte as formalidades e deixou-se contagiar pela energia que dá mote a uma nova edição do Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima.

Na sua quarta edição e já amplamente marcado pela internacionalização - de entre os 11 jardins expostos estão representados oito países além de Portugal -, o certame aborda a temática "Energias no Jardim".

Num momento de divertimento, Nunes Correia encavalitou-se num carrossel com bicicleta (montado em rolamentos, integra um sistema de bomba, que accionado pelo pedalar, alimenta o circuito de rega), e empurrado pelo autarca local, Daniel Campelo entrou no jogo infantil que a horta lúdica propõe.

Jardins para todo o Mundo "Este festival é um exemplo que considero admirável. Jardins são civilização, cultura, prazer no melhor dos sentidos e representam este encontro entre o Homem e a Natureza, trabalhando para o mesmo propósito", declarara Nunes Correia antes de aceder ao recinto dos jardins, como que preconizando o momento que se seguiu.

Este ano o Festival Internacional de Jardins, como sempre instalado nas margens do rio Lima, reúne criações oriundas de França, Espanha, Itália, Canadá, Polónia, Inglaterra, Áustria, Japão e Portugal.

O conjunto de onze criações novas, às quais a organização juntou o "Jardim das Avestruzes", vencedor da última edição do certame, foi seleccionado entre 43 projectos candidatados por autores de doze nacionalidades distintas.

Efémeros que são, os jardins que ficarão agora expostos até 30 de Outubro, serão depois retirados do local e, alguns deles, oferecidos pela câmara local a outras localidades.

Actualmente, existem já alguns distribuídos por vários pontos do país e do globo, tal como Porto e Serpa, ou Áustria e Espanha. "Vamos fazer amizade com os jardins.

Vamos espalhar jardins por esse mundo fora", anunciou ontem com entusiasmo o presidente da Câmara de Ponte de Lima, Daniel Campelo, que ouviu rasgados elogios por parte do ministro seu convidado. "Tenho uma grande admiração por quem dedica esta atenção, como esta Câmara Municipal tem vindo a dedicar, a este tema.

É uma lição para todos nós e, por isso, participo já pela segunda vez nestes festivais de jardins", declarou Nunes Correia. Em 2007, o certame foi visitado por 70 mil pessoas. Este ano, a Câmara estabeleceu como meta atingir a fasquia dos 100 mil. Para 2008, o tema a concurso será "As Artes nos Jardins".

ver mais vídeos