19.05.2019

Europeias

As filas de espera para o voto antecipado na Câmara do Porto

As filas de espera para o voto antecipado na Câmara do Porto

Os eleitores que, este domingo, exerceram o direito ao voto antecipado para as eleições europeias, na Câmara Municipal do Porto, foram surpreendidos com longas filas de espera. O Porto tem quatro mesas de voto para cerca de 3500 inscritos.

O movimento à porta da Câmara do Porto começou a meio da manhã e a meio da tarde não mostrava sinais de abrandar. No topo da escadaria, várias pessoas aproveitavam o sol enquanto esperavam por quem ainda estava na fila. Lá dentro, à frente das quatro mesas de voto alinhavam-se pessoas de telemóvel e cartão de cidadão na mão, alongavam-se pelo átrio, contornavam as colunas até ser difícil perceber qual delas desembocava em cada mesa de voto.

As demoras poderão dever-se ao procedimento seguido no voto antecipado. É que o boletim de voto é inserido num envelope branco e anónimo, que por sua vez é inserido num envelope azul que tem de ser preenchido, à mão, com o nome, o número de identificação e a secção de voto de cada eleitor. Só assim será possível saber que boletim é enviado para que secção de voto, onde será aberto e contado no próximo domingo.

A dinâmica criada para o sistema de voto antecipado não permite registos intercalares de afluência às urnas, pelo que só após o encerramento das urnas se poderá perceber quantos dos 19.562 eleitores que pediram para antecipar o voto em Portugal o fizeram efetivamente.

Uma pessoa que se tenha inscrito para votar antecipadamente, mas que não consiga votar este domingo, ainda pode exercer o direito de voto no dia das eleições europeias, 26, "na assembleia ou secção de voto onde se encontra recenseada".