03.03.2020

Fotogaleria

Lágrimas e indignação. O protesto contra despejo de mãe e filhos no Porto

Lágrimas e indignação. O protesto contra despejo de mãe e filhos no Porto

Mais de uma centena de pessoas juntou-se frente à Câmara Municipal do Porto em protesto contra o despejo de Joana Pacheco da casa na Ribeira onde morava com os dois filhos menores.

O protesto, ruidoso e carregado de palavras e cartazes de indignação, decorreu na segunda-feira à noite junto à Câmara quando, no interior, decorria a reunião da Assembleia Municipal. Cerca da 1.30 horas desta terça-feira, Joana saiu do edifício e foi recebida pelos populares presentes, não contendo as lágrimas.

A ordem de despejo de Joana Pacheco da casa na Ribeira onde mora com os dois filhos, de oito e 12 anos, foi executada na sexta-feira de manhã (28 de fevereiro).

Despejo na Ribeira gera protesto solidário em frente à Câmara

Despejo de moradora exalta ânimos na Ribeira

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG