Açores

Seis sismos sentidos pela população em São Jorge

Seis sismos sentidos pela população em São Jorge

A ilha de São Jorge registou, desde as 19 horas de terça-feira e até esta quarta-feira, seis sismos sentidos pela população, o último dos quais esta manhã, segundo dados divulgados pelo Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA).

"Ao longo de terça-feira, a análise preliminar dos registos sísmicos permitiu contabilizar cerca de 64 eventos, tendo a atividade sísmica aumentado em relação ao observado no dia anterior", lê-se no mais recente comunicado publicado na página da Internet do CIVISA.

Ainda de acordo com o CIVISA, "a maioria dos sismos registados até ao momento são de baixa magnitude e evidenciam uma origem de natureza tectónica".

O mais recente abalo sentido ocorreu pelas 11 horas e teve magnitude 1,8 na escala de Richter, lê-se na nota.

Segundo o CIVISA, e de acordo com a informação disponível até ao momento, aquele sismo foi sentido com intensidade máxima III na escala de Mercalli Modificada em Velas.

Desde o início da crise sismovulcânica em São Jorge, em 19 de março, o sismo de maior magnitude (3,8 na escala de Richter) ocorreu no dia 29 de março.

O CIVISA informa ainda que a campanha de medição de gases e temperatura no solo, que está a ser realizada desde o início da crise na área epicentral, "não resultou, até à data, na identificação de qualquer anomalia", sendo que os levantamentos de campo vão continuar a decorrer nos próximos dias.

PUB

No âmbito da monitorização geodésica, o CIVISA acrescenta ainda que os últimos dados disponíveis também "não revelam qualquer deformação significativa".

A crise sismovulcânica que se tem vindo a registar na ilha de São Jorge mantém-se "estendendo-se, grosso modo, ao longo de uma faixa desde a Ponta dos Rosais até à zona do Norte Pequeno - Silveira", indica também o CIVISA na nota.

A ilha mantém o nível de alerta vulcânico V4 (ameaça de erupção) de um total de sete, em que V0 significa "estado de repouso" e V6 "erupção em curso".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG