Corvo

Corvo já tem dentista. Junta-se a um médico e uma enfermeira na ilha

Corvo já tem dentista. Junta-se a um médico e uma enfermeira na ilha

O presidente da unidade de saúde do Corvo, único médico na mais pequena ilha dos Açores, adiantou, esta terça-feira, que já está instalado um médico dentista para tratar os cerca de 400 residentes naquela ilha do grupo ocidental do arquipélago.

"Penso que é um passo muito positivo termos um dentista residente, que já cá está", disse Carlos Teixeira à agência Lusa. A mais pequena das nove ilhas que perfazem o arquipélago dos Açores tem apenas um médico e uma enfermeira residente, sendo que agora passam a ser três os profissionais de saúde residentes na ilha.

Até agora, a ilha do Corvo recebia a visita de um dentista apenas uma semana por mês, sendo que a cadeira de medicina dentária existente será substituída por uma nova que chegará em breve à Vila do Corvo.

PUB

"Este equipamento que temos é do século passado, da década de 1990, de maneira que vamos receber um novo equipamento para complementar e aumentar as potencialidades do colega dentista que foi aqui colocado", sublinhou Carlos Teixeira.

O médico está no Corvo desde julho de 2017, depois de 40 anos de profissão no continente, onde era diretor do centro de saúde de Arganil, além de ser o responsável técnico e clínico do Hospital de Cuidados Continuados Integrados da Santa Casa da Misericórdia de Tábua.

O médico lembra que "esporadicamente" vão à ilha especialistas em áreas como oftalmologia ou nutrição, mas já pediu ao Governo Regional a deslocação de outros médicos ao Corvo.

Foi solicitada à tutela, concretiza, que quando houver a deslocação de especialistas à ilha das Flores, também no grupo ocidental dos Açores, seja possível a passagem pelo Corvo, sendo necessárias as presenças, por exemplo, de áreas como a dermatologia, cirurgia vascular e neurologia.

Até ao final do ano será também contratado um fisioterapeuta a tempo inteiro para o centro de saúde do Corvo sendo que já existem "25 utentes" prontos a receber tratamento.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG