Mau tempo

Rajada de vento de 128 km/hora registada no Corvo

Sete ilhas dos Açores estão sob aviso vermelho

Foto José Mota / Arquivo Global Imagens

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera registou uma rajada de vento de 128 quilómetros/hora no Corvo, ilha onde a escola está encerrada devido ao agravamento do estado do tempo nos Açores.

A rajada foi registada às 11.10 horas locais (mais uma hora em Portugal continental), segundo a delegação regional dos Açores do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

A Secretaria Regional da Educação e Cultura determinou o encerramento da escola básica e integrada Mouzinho da Silveira dadas as condições meteorológicas na ilha mais pequena do arquipélago, com cerca de 400 habitantes.

Também a creche e jardim-de-infância do Corvo foram encerrados, disse à agência Lusa presidente da Câmara do Corvo, José Manuel Silva.

"Como havia a indicação de que o pico do vento era expectável à hora do almoço, quando as crianças saíam da escola e depois regressavam, foi decidido, por motivo de precaução, não haver aulas à tarde", explicou José Manuel Silva.

Pelas 13.30 horas locais, o autarca adiantou que o vento continuava forte e "todos os meios" de prevenção. "Fizemos o trabalho de casa. Assim que foi emitido o aviso, na terça-feira, retirámos todos os bens móveis da orla costeira, como barcos e contentores. Tudo o que estava e que pudesse ser arremessado foi retirado", adiantou o presidente da Câmara Municipal, assinalando que "as pessoas fazem a sua vida normal, mas andam menos na rua".

Já o presidente da Câmara das Lajes das Flores, Luís Maciel, adiantou que os acessos aos portinhos existentes no concelho estão encerrados por precaução e admitiu fechar também uma rua junto à orla costeira na vila caso o mar galgue.

"A situação por aqui está calma. Até agora só cortamos o acesso aos portinhos por precaução", referiu Luís Maciel, informando que todos os serviços neste concelho da ilha das Flores estão a funcionar.

O IPMA colocou sete ilhas dos Açores sob aviso vermelho, que corresponde a uma situação meteorológica de risco extremo.

Relacionadas