O Jogo ao Vivo

Corvo

Mais de meia centena de cabeças de gado mortas no Corvo devido ao mau tempo

Mais de meia centena de cabeças de gado mortas no Corvo devido ao mau tempo

O Partido Popular Monárquico (PPM) alertou este domingo para a morte, "nas últimas semanas", de mais de meia centena de cabeças de gado no Corvo devido ao mau tempo e pediu ao Governo Regional medidas para apoiar os agricultores.

"O mau tempo está a afetar gravemente as pastagens da ilha. Em consequência da degradação progressiva das pastagens, o número de cabeças de gado que morreram nas últimas semanas supera já a meia centena, algo que representa cerca de 6% do total de cabeças de gado da ilha", afirmou em comunicado o deputado do PPM à Assembleia Legislativa dos Açores, Paulo Estêvão.

A mais pequena ilha dos Açores está sem ligações aéreas "desde domingo passado" e sem viagens marítimas "há duas semanas", devido ao mau tempo, o que está a condicionar fortemente "o abastecimento de alimentos fibrosos para o gado", segundo o deputado monárquico, revelando ainda que o Corvo "não conta com a presença de qualquer veterinário há várias semanas".

Paulo Estêvão defende junto do Governo açoriano "um plano de contingência para acorrer a esta situação com urgência" logo que seja possível retomar ligações aéreas e marítimas à ilha, temendo que a morte de cabeças de gado venha a aumentar nos próximos dias, já que "uma parte substancial dos bovinos se encontra bastante enfraquecido" e "as previsões apontam que o mau tempo se vai manter nas próximas semanas".

"Solicitamos o máximo empenho do Governo Regional no sentido de colocar todos os recursos da administração regional da ilha ao dispor das necessidades dos agricultores locais, incluindo as reservas de alimentos fibrosos existentes. Isto no âmbito do apoio já anunciado pelo Governo Regional", sublinha o deputado, para quem o executivo regional deve preparar "medidas de apoio específicas aos agricultores e famílias afetadas".

Caso as condições climáticas não se alterem "nas próximas duas semanas", estima que o número de cabeças de gado mortas "possam superar os 10% do total da ilha".

ver mais vídeos