Pandemia

Surto de covid-19 que obrigou à evacuação de lar em Águeda contabiliza uma morte 

Surto de covid-19 que obrigou à evacuação de lar em Águeda contabiliza uma morte 

Há 15 pessoas do Centro Social de Belazaima do Chão, em Águeda, que testaram positivo para a covid-19, entre as quais 11 utentes e quatro colaboradores. Por isso, no domingo à noite, as instalações da instituição foram parcialmente evacuadas. Ontem, segunda-feira, o único idoso infetado que tinha sido internado acabou por morrer.

Segundo nota da Câmara Municipal, nas instalações do Centro Social de Belazaima do Chão permanecem, atualmente, apenas os 11 utentes que testaram positivo. Os restantes foram transportados para a antiga creche, onde tem funcionado o centro de dia, "numa ação rápida e concertada entre a instituição, a Câmara, a Junta de Freguesia e os bombeiros, com o acompanhamento do Delegado de Saúde de Águeda".

"A Câmara disponibilizou todas as camas elétricas articuladas necessárias, para que os utentes ficassem acomodados com toda a dignidade", sublinhou a Autarquia.

O surto de covid-19 no seio da instituição já causou, entretanto, a morte a um dos 11 utentes, o único que tinha sido internado, no Hospital de Aveiro, na sexta-feira. "Trata-se de um sexagenário com múltiplas patologias e totalmente dependente", explicou a Câmara, adiantando, ainda, que "a maioria dos utentes e colaboradores que testou positivo continua assintomática".

A Autarquia esclareceu, também, que existe mais um utente do Centro Social de Belazaima do Chão que está no Hospital de Aveiro, com covid-19, mas que o mesmo foi "internado [devido a outra patologia], no passado dia 11, tendo, à entrada, testado negativo para a covid-19". "Quando se preparava para ter alta, na sexta-feira passada, foi novamente testado, para poder entrar novamente na instituição, tendo tido resultado positivo. Neste momento, por isso, continua internado", revelou a Câmara, num esclarecimento que tornou público.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG