Festas

Aveiro já iluminou a maior árvore de Natal do país

Aveiro já iluminou a maior árvore de Natal do país

Com 50 metros de altura e um barco moliceiro no topo, em vez de uma estrela, a maior árvore de Natal do país foi ligada, ao final desta segunda-feira, no Cais da Fonte Nova, em Aveiro, tal como as restantes iluminações natalícias da cidade. O evento foi antecipado um dia em relação aos outros anos, devido ao recolher obrigatório às 13 horas de terça-feira e marcaram presença algumas centenas de pessoas.

O habitual desfile de "Pais Natal" em barcos moliceiros, que habitualmente decorre a 1 de dezembro e culmina com um espetáculo de fogo de artifício e a ligação das iluminações natalícias da cidade, foi cancelado, este ano, devido à pandemia. E as luzes acenderam-se um dia mais cedo.

Para marcar o momento, às 17.30 horas desta segunda-feira, tocaram, em simultâneo, os sinos de algumas torres sineiras de Aveiro. Ribau Esteves, presidente da Câmara, presidiu ao evento simbólico, visitando em passeio as ruas - na zona das "pontes", no bairro da Beira Mar, na Avenida Lourenço Peixinho, entre outras - iluminadas.

A árvore de Natal foi a última a ser ligada, já passava das 18 horas, no Cais da Fonte Nova, onde compareceram algumas centenas de curiosos. Apesar do número de pessoas, o distanciamento social exigido pelas medidas de contenção da pandemia de covid-19 foi, aparentemente, mantido.

A maior árvore de Natal do país tem 50 metros de altura e é iluminada por mais de 400 mil lâmpadas -- pertence à autarquia, mas foi oferta de um grupo de empresários da cidade. Este ano, a imponente árvore apresenta uma novidade: a palavra "Aveiro", na vertical, iluminada a vermelho no centro da estrutura. No topo, mantém-se uma réplica de um moliceiro, embarcação típica da cidade.

As iluminações natalícias representaram, para a autarquia, um investimento que rondou os 150 mil euros, já com IVA incluído, um valor semelhante ao do ano passado.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG