O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Câmara de Aveiro quer terrenos da antiga lota sem pagar

Câmara de Aveiro quer terrenos da antiga lota sem pagar

A Câmara de Aveiro quer os terrenos da antiga lota sem ter de pagar e até já tem quem queira ali investir, construindo um hotel. Só que os 12 hectares são da Administração do Porto de Aveiro (APA) e o Ministério das Infraestruturas e Habitação (MIH) entende que não devem ser entregues sem pagamento.

A Autarquia presidida por Ribau Esteves, que no passado fez várias propostas à APA para adquirir o terreno, suspendeu as negociações quando começou a descentralização. Entende que, ao abrigo daquele processo, a antiga lota, assim como a frente ria de S. Jacinto, deve ser entregue à Câmara "sem custos".

Para ali tem previsto um projeto privado. "Há um investidor interessado" e a peça-âncora será "um hotel de qualidade", revela ao JN. Depois, haverá comércio, serviços e habitação. Só deverá ser construída, diz Ribau, uma área de "20 a 25 mil metros quadrados", ficando o restante espaço "amplo" para lazer.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG