Saúde

Três dias amontoados na Urgência de Aveiro à espera de serem internados

Três dias amontoados na Urgência de Aveiro à espera de serem internados

Cerca de 70 doentes estavam ontem à tarde espalhados em macas na Urgência do Hospital de Aveiro, dos quais 20 aguardavam camas para serem internados. A esmagadora maioria são idosos com infeções respiratórias.

Segundo apurou o JN, vários desses doentes estavam nos corredores desde sexta-feira, estando assim há três dias sem poder tomar banho e alimentados a sopa e maçã assada. A maior parte dos doentes, mais de 50, aguardavam no serviço de Medicina da Urgência, mas também havia na Cirurgia e Ortopedia, enchendo e transformando os corredores da Urgência num serviço de internamento improvisado com um amontoado de homens e mulheres em macas, como documenta a foto.

Em resposta ao JN, às 18 horas, a Administração do CHBV-Centro Hospitalar do Baixou Vouga (que integra os hospitais de Aveiro, Águeda e Estarreja) confirma que havia "mais de 50 doentes" na área de Medicina e que, àquela hora, 20 desses doentes já tinham indicação de internamento "e estarão, até ao final da tarde, nos respetivos serviços de internamento". Às 20 horas, apenas dois tinham sido internados, soube o JN.

Ler mais na edição impressa ou na versão e-paper.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG