Emergência

Fogo destrói várias empresas em Castelo de Paiva

Fogo destrói várias empresas em Castelo de Paiva

Chamas destruíram pavilhão industrial de Castelo de Paiva, onde laboram fábricas de diferentes setores.

O fogo terá começado já depois das 18.39 horas nas instalações do CACE do Vale do Sousa e Baixo Tâmega (Centro de Apoio à Criação de Empresas). No total, oito empresas foram afetadas.

Foram mobilizados 152 bombeiros de 50 corporações dos distritos de Viseu, Porto e Aveiro. No local estiveram também elementos da GNR e também centenas de funcionários das empresas. Em risco estão mais de 400 postos de trabalho em empresas ligadas à marroquinaria, calçado e panificação, entre outros.

Não há registo de feridos, embora houvesse gente a trabalhar quando começou o incêndio. O fogo terá começado numa fábrica de calçado, mas as causas ainda estão por apurar.

O incêndio ainda está ativo e espera-se que o rescaldo aconteça nas próximas 24 horas.