Acolhimento

Duas escolas em Espinho recebem filhos de funcionários de serviços essenciais

Duas escolas em Espinho recebem filhos de funcionários de serviços essenciais

A Escola Básica de Anta e a Escola Básica de Silvalde, ambas em Espinho, são os dois estabelecimentos que estão preparados, naquele concelho, para receber os filhos de funcionários de serviços essenciais. Abrem às oito horas e fecham às 19 horas.

Para ter acesso a este apoio, que surge na sequência do novo confinamento decretado pelo Governo, é preciso que os encarregados de educação informem as respetivas escolas, alerta a Câmara de Espinho.

No que toca às refeições, os alunos abrangidos pela ação social escolar (Escalão A e B) vão continuar a usufruir do almoço, em regime take-away, disponibilizado em escolas referenciadas como ponto de recolha, abrangendo "todos os agrupamentos de escolas da cidade". Nesse sentido, os encarregados de educação dos alunos com escalão A e B serão previamente contactados pelas escolas para marcação das refeições e indicação do local de recolha.

O Vice-Presidente da Câmara, Vicente Pinto, afirma que "é muito importante garantir o apoio às famílias que vivem maiores dificuldades nesta fase. Com este serviço, garantimos pelo menos uma refeição diária às crianças e jovens da nossa comunidade educativa. O papel de apoio social das escolas, nem sempre é devidamente reconhecido ou valorizado, mas fica agora evidenciada a sua importância com o encerramento dos estabelecimentos de ensino. Esta é uma medida de grande alcance social para as famílias".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG