Acidente

Morre em despiste de mota em que seguia com o filho

Morre em despiste de mota em que seguia com o filho

Um homem, de 42 anos, faleceu, este sábado à noite, em Espinho, quando seguia de mota com o filho, de 15.

José Marques estava a regressar a casa, em Nogueira da Regedoura, Santa Maria da Feira, depois de ter estado num convívio de motards, em Espinho, quando se despistou acabando por falecer. O filho, que ia com o pai na mota, ficou ferido.

José Marques pertencia ao Grupo Motard Os Venenosos, de Espinho, de onde é natural, e a sua paixão por motas era sobejamente conhecida. Tinha passado a tarde deste sábado num convívio de amigos motards, no bairro piscatório de Espinho. Era aliás em Espinho que passava grande parte do seu tempo. No final, convidou um dos amigos para ir jantar a sua casa, em Nogueira da Regedoura. Decidiram ir comprar o jantar e foi no regresso a casa que o despiste aconteceu.

A vítima seguia na mota com o filho, de 15 anos, e o amigo seguia atrás. Depois de uma rotunda, em Anta, Espinho, o homem perdeu o controlo da mota, que entrou em despiste, acabando por cair violentamente junto à berma. À chegada dos Bombeiros do Concelho de Espinho, o homem já estava em paragem cardiorrespiratória, e apesar das manobras de reanimação, o óbito acabou por ser declarado no local. O filho, que seguia à pendura, ficou com ferimentos num braço e foi transportado para o hospital de Gaia.

ver mais vídeos