Equipamentos

Piscina Municipal de Espinho reabre de forma condicionada

Piscina Municipal de Espinho reabre de forma condicionada

A Piscina Municipal de Espinho vai reabrir, no próximo dia 28, mas com utilização condicionada a atletas de competição e para o designado regime livre. As escolas de natação ficam por enquanto de fora.

A autarquia refere que esta reabertura se enquadra nas orientações da Direção-Geral de Saúde e da Federação Portuguesa de Natação.

Esclarece que as escolas de natação, ministradas pelos Serviços Municipais, "não entrarão em funcionamento para já". "A Câmara Municipal irá avaliando a cada momento a evolução da pandemia e as orientações da DGS".

Também as atividades coletivas para a população idosa, "por força da lei não podem ainda ser retomadas".

A Câmara Municipal de Espinho procedeu à adaptação dos circuitos internos e das instalações para cumprir os requisitos de higiene e segurança.

Fica vedada a utilização dos chuveiros devido ao risco de propagação da covid-19 através de aerossóis, assim como diversas normas restritivas na utilização da piscina.

O vice-presidente da Câmara de Espinho, Vicente Pinto, com o pelouro dos equipamentos desportivos "congratula-se pelo facto de se retomar a prática da natação na Piscina Municipal, modalidade com grande adesão e tradições no concelho".

PUB

Alerta para a necessidade de todos os envolvidos, atletas, treinadores e utentes em geral, "cumprirem rigorosamente as medidas agora aprovadas, com a consciência de que o comportamento dos utentes poderá determinar a atividade da piscina nas próximas semanas, tendo em conta a evolução pandémica a que assistimos em termos nacionais".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG