Animais

Uso de rena em parada de Natal causa indignação em Espinho

Uso de rena em parada de Natal causa indignação em Espinho

O serviço foi contratado pela Câmara de Espinho a empresa que garante bem-estar do animal.

O uso de uma rena para puxar um trenó, em Espinho, na animação natalícia promovida pela autarquia, está a causar indignação de munícipes que acusam a organização de estar a causar "sofrimento" ao animal. "É uma vergonha fazer uma rena bebé, que deve ter meses, puxar um trenó com gente adulta dentro. Coitadinho do bichinho", lê-se nos comentários na rede social "Facebook".

Fonte da Câmara Municipal recusou qualquer comentário, lembrando que contratou o referido serviço a uma empresa.

O JN apurou que a polémica levou a que a empresa em causa desse já explicações à autarquia, justificando que, ao contrário do que é referido, não se trata de uma rena de poucos meses de idade.

A empresa explica que a rena em questão é um macho, com oito anos de idade e que, durante a parada, não terá apresentado qualquer sinal de stresse e interagiu de forma tranquila às carícias de que foi alvo.

A organização justifica, ainda, que o trenó seria facilmente puxado pelo macho, mas que durante todo o percurso da parada o animal foi conduzido, empurrado e travado por pelo menos quatro pessoas, para que a rena não tivesse que suportar qualquer peso. Caso o animal apresentasse sinal de stress, a rena seria retirada desta parada, asseguram.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG