Estarreja

Marido mata mulher com disparo acidental

Marido mata mulher com disparo acidental

Uma mulher de 63 anos morreu, domingo à noite, na sequência do que terá sido um disparo acidental do marido, em casa, em Veiros, concelho de Estarreja, onde estavam outros familiares do casal.

Segundo o JN apurou, foi cerca das 21 horas que tudo aconteceu. Vítima, marido (67 anos), filha e genro permaneciam na habitação da família quando o sexagenário, reformado, decidiu ir buscar a arma que mantinha guardada para, ao que tudo indica, a mostrar ao genro. Com a pistola, de calibre 6.35mm na mão, o homem regressou, pouco depois, para junto dos familiares e começou a manuseá-la para demonstrar como é que esta funcionava.

Os indícios recolhidos pela GNR de Estarreja na residência, assim como os depoimentos das testemunhas que se encontravam no local na altura, indicam que o dono da arma não sabia que esta continha uma munição. Mas o certo é que a pistola disparou e o projétil atingiu a mulher.

Rapidamente, foram chamados os Bombeiros Voluntários da Estarreja, que deslocaram para Veiros uma ambulância. Devido à gravidade do caso, foi também acionada a viatura médica de emergência de Aveiro. No entanto, os esforços de bombeiros, enfermeiro e médico não surtiram efeito. A morte da mulher baleada seria decretada na casa onde aconteceu o disparo.

Os militares da GNR de Estarreja foram os primeiros a tomar conta da ocorrência, mas, por ter ocorrido uma morte, o caso deverá passar para a dependência da Polícia Judiciária. Uma das primeiras questões a esclarecer pelos inspetores será o facto de a arma que disparou acidentalmente estar, ou não, legalizada.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG