O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Ílhavo: o mar e a religião unidos num museu

Ílhavo: o mar e a religião unidos num museu

Centro de Religiosidade Marítima foi inaugurado em Ílhavo e é o primeiro do género a ser criado em Portugal.

Nas comunidades marítimas e piscatórias, o mar e a devoção estão, desde sempre, ligados de forma intrínseca. Quem vai ao mar pede para voltar. E foi com base nessa premissa que nasceu, em Ílhavo, terra de marinheiros, o primeiro centro de religiosidade de temática marítima em Portugal. Inaugurado no passado domingo, o Centro de Religiosidade Marítima funciona no renovado quartel dos bombeiros, na zona mais central da cidade, e é uma extensão do Museu Marítimo de Ílhavo (MMI).

"O MMI passa agora a ser composto pelo próprio museu, onde está o aquário dos bacalhaus e o centro de investigação, pelo Navio Santo André e por este Centro de Religiosidade Marítima. São três elementos que fazem parte do mesmo conceito", contextualiza Nuno Costa, coordenador da direção do museu.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG