Rastreio

Detetados problemas visuais e auditivos em 280 alunos da Mealhada

Detetados problemas visuais e auditivos em 280 alunos da Mealhada

Os rastreios auditivos e visuais efetuados pelo Hospital da Misericórdia da Mealhada (HMM) a quase um milhar de alunos do concelho detetou problemas visuais e auditivos em 280 jovens, do 6.º ao 9.º ano, bem como do ensino secundário e profissional.

Segundo os resultados do rastreio, 265 alunos apresentaram problemas visuais, enquanto 13 alunos tiveram problemas auditivos. A miopia foi o problema mais detetado, mas houve mais casos, como astigmatismo, hipermetropia, acuidade visual e alteração das visões cromática e em profundidade.

Segundo o coordenador de Oftalmologia do HMM, Filipe Henriques, é necessário dar continuidade a estes rastreios, bem como alargá-los ao pré-escolar e à população adulta, "sobretudo na retinopatia diabética e no glaucoma".

Para o coordenador-geral da Santa Casa da Misericórdia da Mealhada, Bruno Peres, "a promoção e preservação da saúde, bem como a prevenção da doença utilizando como recurso os rastreios, constitui uma estratégia por norma bem-sucedida, ao permitir o controlo de fatores de risco, o diagnóstico e intervenção precoce e consequentemente a melhoria dos resultados em saúde da população".