Mealhada

Oposição à espreita de oportunidade para desalojar o PS

Oposição à espreita de oportunidade para desalojar o PS

O panorama autárquico na Mealhada continua pendente da clarificação do presidente do Executivo, Rui Marquina, eleito pelo PS nas duas últimas eleições, depois de uma primeira passagem pela presidência entre 1989 e 1999.

Hugo Alves Silva volta a ser candidato à presidência da autarquia pela coligação que junta PSD, CDS, MPT e PPM. O atual vereador já tinha encabeçado a lista da coligação em 2017. O objetivo é recuperar uma Câmara que é socialista desde 1989.

Bárbara Duarte é candidata independente do BE. Licenciada em, Direito, é membro da Assembleia Municipal, desde 2017.

A CDU também já apresentou a sua candidatura, liderada por João Marques. O professor de matemática do 3º ciclo e secundário, é diretor pedagógico de uma escola particular e membro da direção do Sindicato dos Professores da Região Centro.

A Mealhada vai ainda contar com a candidatura do "Movimento Independente Mais e Melhor". A lista é encabeçada por António Jorge Franco, antigo presidente da Fundação Mata do Bussaco e ex-vereador do município, pelo PS, entre 2005 e 2009.

Em 2017, o PS venceu com 47,58% dos votos e quatro mandatos no Executivo. A coligação PSD/CDS ficou com 33,26% e os restantes três vereadores. O BE reuniu 6,66% e a CDU foi a quarta força política, com 6,50% dos votos.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG