Manifestação

População de freguesia da Mealhada contra fecho da Unidade de Saúde

População de freguesia da Mealhada contra fecho da Unidade de Saúde

Cerca de meia centena de moradores da Vacariça, na Mealhada, mobilizaram-se esta segunda-feira contra o fecho da Unidade de Saúde Familiar local.

Os manifestantes tiveram a garantia, de uma enfermeira, que havia o compromisso do Agrupamento de Centros de Saúde do Baixo Mondego, que esta iria abrir pelo menos uma vez por semana.

A manifestação surgiu depois de um aviso, à entrada da Unidade, a indicar que a Unidade iria estar encerrada o resto do mês de junho e os meses de julho e agosto, sendo os serviços prestados pela Unidade da Pampilhosa.

"É a freguesia mais envelhecida do concelho, e muitas pessoas não tem transporte nem mobilidade para a Pampilhosa", afirma Rui Peralta, um dos promotores do protesto.

Na ação, esteve presente o presidente da Câmara Municipal da Mealhada, Rui Marqueiro, que disse que ia levar a questão a uma reunião que terá terça.feira na Administração Regional de Saúde do Centro.

Esteve ainda presente um vereador da oposição, Hugo Alves Silva (da coligação Juntos pelo Concelho da Mealhada) e dos deputados municipais da CDU e do Bloco de Esquerda, que se mostraram solidários com a população.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG