Exclusivo

Sal cria laços entre alunos de cinco países 

Sal cria laços entre alunos de cinco países 

Jovens do Agrupamento de Escolas de Pardilhó, Estarreja, descobriram património local e salinas de Itália, Grécia, Eslovénia e Roménia graças a projeto Erasmus .

O sal foi o elo comum que um projeto Erasmus encontrou para unir os alunos do Agrupamento de Escolas de Pardilhó, Estarreja, a estudantes de Itália, Grécia, Eslovénia e Roménia. Um condimento que lhes deu a oportunidade de conhecerem melhor o seu património e de criarem laços que perduram até hoje.

Para Maria do Rosário Ferreira, uma entre 10 estudantes de Pardilhó que, graças ao Erasmus + Salt work in Progress - Young Cicerones, rumou a outro país europeu para conhecer as suas salinas, a experiência abriu horizontes. "Aprendi melhor o funcionamento das salinas e melhorei as capacidades de comunicação e o inglês", a língua usada para falar com os alunos estrangeiros, contou a jovem de 15 anos ao JN.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG