Acordo

PSD e CDS-PP de Oliveira de Azeméis em coligação nas próximas Autárquicas

PSD e CDS-PP de Oliveira de Azeméis em coligação nas próximas Autárquicas

O PSD e o CDS-PP de Oliveira de Azeméis vão apresentar-se coligados às próximas eleições autárquicas de 2021. O acordo foi outorgado, esta quinta-feira.

"Oliveira de Azeméis precisa de uma alternativa à governação socialista que demonstrou não ter capacidade de resposta aos desafios de modernidade e desenvolvimento do concelho", justifica a nova coligação.

Nuno Pires, presidente da comissão concelhia do PSD, afirma que é necessário "construir a alternativa que devolverá a Oliveira de Azeméis o seu destino progressista e pluralista, ancorados numa sociedade próspera".

Diz que este entendimento pré-eleitoral se destina a uma "aliança renovadora e capaz de mobilizar todos os que anseiam por uma mudança transversal".

De acordo com o líder local do PSD, depois deste entendimento seguir-se-á a definição das linhas orientadoras, assim como a escolha dos elementos destes dois partidos que irão representar a aliança nas próximas eleições autárquicas.

Já António Pinto Moreira, presidente da concelhia do CDS-PP, lembrou experiências de coligações bem sucedidas, como aconteceu com Sá Carneiro, na Aliança Democrática, com Durão Barroso e Santana Lopes.

No que respeita ao concelho Oliveirense, "chegou o momento de quebrar barreiras e assumir o desafio de fazer parte da solução, de fazer um projeto agregador".

PUB

"Este acordo que hoje assumimos (...) manifesta a intenção de um projeto alternativo de centro de direita para a condução dos destinos do concelho no próximo mandato autárquico".

A coligação será apresentada a todos os órgãos, exceção na freguesia de Cesar. Nesta freguesia foi eleito um movimento independente que deverá continuar a receber o acordo de PSD e CDS -PP.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG