Oliveira do Bairro

Menina fugiu para ir ter com homem de 40 anos por quem se apaixonou

Menina fugiu para ir ter com homem de 40 anos por quem se apaixonou

Uma menor, de 14 anos, que fugiu da instituição de acolhimento temporário de Oliveira do Bairro, foi agora encontrada em França, na companhia de um homem de cerca de 40 anos por quem se apaixonou.

Segundo apurou o JN, foi a instituição que deu o alerta às autoridades e informou a mãe, após a fuga da menor, a 29 de setembro. Na sequência disso, foi lançado pela GNR um alerta internacional, que deu frutos. C. G. foi encontrada em França. Estava com o "namorado", que entretanto deixara o trabalho, numa roulotte que servia refeições em eventos.

A menor foi levada para um centro de acolhimento em França e será recambiada para a instituição que a acolhia, em Portugal.

Só a avaliação das "circunstância em que se deu a fuga, do seu consentimento e experiência sexual caso tenha acontecido algo entre os dois" poderão determinar se houve ou não crime, uma vez que é maior de 14 anos, explicou ao JN fonte policial.

A mãe, Maria, residente no concelho de Aveiro, acredita que a filha mais nova foi "iludida pelas palavras e promessas" do homem, com quem tentava manter um relacionamento escondido dos pais.

A jovem tentara uma primeira fuga em agosto passado, altura em que entregou uma carta à Comissão de Proteção de Crianças e Jovens a denunciar alegados maus tratos. Regressou passados uns dias e foi institucionalizada. Terá continuado a insistir com a família para aceitarem a relação, mas os pais foram intransigentes. A 29 de setembro voltou a fugir. O JN não conseguiu obter esclarecimentos da instituição.

O relato desesperado dos acontecimentos foi feito pela mãe e postado por um familiar no facebook, quando ainda não sabiam que havia sido encontrada. Em três dias, o post foi partilhado mais de 40 mil vezes, por residentes em Portugal e portugueses emigrados por todo o mundo.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG