Covid-19

Hospital de campanha vai receber idosos do lar de Ovar que pediu ajuda

Hospital de campanha vai receber idosos do lar de Ovar que pediu ajuda

O provedor da Santa Casa de Ovar, Álvaro Silva, acredita que os 23 utentes infetados que se mantêm no lar da Misericórdia serão os primeiros doentes do hospital de campanha de Ovar que deverá abrir em breve. "Tudo parece indicar que essa será a solução", diz o provedor.

Na sexta-feira, Álvaro Silva fazia um apelo desesperado para que fossem retirados os idosos infetados com Covid-19 que estão no lar da Misericórdia a precisar de cuidados hospitalares.

Entretanto, o autarca Salvador Malheiro anunciou que o hospital de campanha montado na Arena Dolce Vita da cidade já está a receber material clínico e médico. "E temos a certeza por parte do Ministério da Saúde que o corpo médico, enfermeiros e assistentes operacionais vão chegar também. Estamos cada vez mais perto de receber o primeiro internado", referiu o edil.

Neste sentido, o provedor da Misericórdia acredita que "os idosos do lar serão os primeiros a serem internados". "Se isso acontecer, teremos a solução para o nosso problema, porque eles precisam de tratamento hospitalar". Neste momento, há já 31 idosos, do total de 120 utentes, com diagnóstico confirmado. Desses, oito estão internados no hospital, mas os restantes estão no lar ao cuidado de apenas um médico de medicina geral e familiar destacado pela autoridade de saúde local, "que não tem meios auxiliares de diagnóstico, nem apoio". "Queremos que esses 23 recebam também o tratamento adequado", diz o provedor.

Recorde-se que um idosos de 97 anos do lar faleceu vítima do novo coronavírus. Entretanto, todos os utentes e funcionários foram testados. Há 31 idosos infetados e quatro funcionárias.

PUB

"O nosso medo era que houvesse mais óbitos. Somos um lar, não somos um hospital. E não podemos ficar a vê-los aqui a piorar. Temos que os ajudar a ter tratamento", diz Álvaro Silva. Tudo indica que na próxima semana o hospital de campanha já estará a funcionar e que deverá receber os idosos infetados da Santa Casa, depois da devida triagem.

Outras Notícias