Agitação marítima

Mestre de embarcação que virou em Esmoriz está "bem"

Mestre de embarcação que virou em Esmoriz está "bem"

O mestre do barco naufragado esta segunda-feira de manhã, em Esmoriz, Ovar, teve de receber assistência hospitalar, mas está estável.

Segundo fonte do Hospital S. Sebastião, na Feira, para onde Rafael Silva foi transportado, a vítima deu entrada com um quadro clínico de hipotermia, mas encontra-se estável e a ser monitorizado.

Entretanto, Rafael falou pessoalmente com o presidente da Associação Pró-Maior Segurança dos Homens do Mar, José Festas. "Já falei com ele e trocamos algumas impressões" disse ao JN o responsável, adiantando que a vítima se encontra "bem". José Festas disse que Rafael Silva foi apanhado de surpresa "por uma onda que virou a embarcação". "Tinha a porta da casa do leme aberta e conseguiu sair e manter-se vivo na água cerca de hora e meia", explicou. "Há tragédias que não conseguimos evitar (...) este é um acidente que todos lamentamos".

Presidente da República entrou em contacto

José Festas agradeceu a Miguel Paiva, responsável pelo conselho de administração do Centro Hospitalar de Entre Douro e Vouga, que o acompanhou na visita ao mestre de embarcação, e "ao capitão do porto da zona Norte, que tomou a iniciativa imediata de pedir os meios de socorro". "Isso fez toda a diferença". Adiantou, ainda, que foi também contactado pelo presidente da República, que lhe pediu informação e mostrou solidariedade.

Outras Notícias