O Jogo ao Vivo

Cultura

Biblioteca da Feira leva livros aos trabalhadores de empresas

Biblioteca da Feira leva livros aos trabalhadores de empresas

Os operários de 11 empresas do concelho da Feira passam a contar, desde esta quarta-feira, com um serviço de biblioteca itinerante que disponibiliza acesso gratuito a livros e suportes digitais de música e vídeo. O projeto "Leituras em Linhas" leva este serviço até junto das empresas, facilitando o acesso aos seus colaboradores.

"O Modelo Fazer Bem", livro de autoria da empresária e filantropa israeloamericana, Shari Arison, foi a primeira escolha de leitura de Sílvia Sousa.

A funcionária de produção da fábrica de calçado da ECCO"let, em São João de Ver, saiu apressada de mais um turno e dirigiu-se à carrinha da Biblioteca Municipal, estacionada mesmo em frente às instalações da empresa.

Depois de fazer a inscrição e de uma breve apreciação entre títulos disponíveis, Sílvia Sousa traz consigo o livro escolhido e não poupa nos elogios. "É uma iniciativa muito positiva, porque a leitura é das coisas mais importantes".

Diz que este serviço, junto da empresa, "aumenta as possibilidades de leitura e educação" e garante que, apesar do dia a dia de trabalho intenso, "há sempre tempo livre para a leitura". "É uma questão de opção e substituir a televisão por um livro", concluiu.

"Temos oportunidade de recolher um livro à saída do trabalho, sem ter necessidade de nos deslocarmos à biblioteca", adiantou Carina Silva, outra funcionária.

Também o diretor-geral da ECCO"let, Gustavo Kremer, se mostra agradado. "É um belo projeto trazer a leitura junto das pessoas. Devemos apoiar estas iniciativas", disse.

PUB

"As bibliotecas públicas têm que mudar de paradigma. Temos que estar onde estão as pessoas", justificou a diretora da Biblioteca Municipal.

Etelvina Araújo refere que as bibliotecas "são intimidantes para determinado grupo de pessoas". "As pessoas não se sentem à vontade para lá se deslocarem", afirma. A diretora considera, por isso, importante este tipo de projeto de "proximidade", "sem medo de abordar estes públicos novos".

Já o presidente da Câmara Municipal, Emídio Sousa, lembrou que o concelho tem uma forte implementação industrial e que a iniciativa "vai alargar os horizontes dos colaboradores" das empresas e espera que outras se juntem à iniciativa em breve.

Disponíveis 2500 documentos

O novo serviço da biblioteca itinerante disponibiliza cerca de 2500 documentos em diferentes suportes. Para além de livros, CDs e DVDs, é, ainda, colocado ao dispôr dos trabalhadores acesso à Internet e a possibilidade de fazerem pagamentos eletrónicos.

37 mil inscritos na Biblioteca Municipal

A Biblioteca Municipal tem cerca de 37 mil inscritos. Os serviços online disponibilizados terão contribuído de forma significativa para o aumento registado de novos utilizadores. São disponibilizadas, desde dezembro de 2020, mais de sete mil publicações de jornais e revistas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG