Feira

Jovem de 22 anos que morreu em acidente na A1 era militar da GNR

Jovem de 22 anos que morreu em acidente na A1 era militar da GNR

Um jovem de 22 anos, natural de Oliveira do Douro, faleceu, na tarde de ontem, vítima de um acidente de viação na autoestrada do Norte (A1), na zona da Feira. A vítima era militar da GNR.

Vítor Duarte Palmeira Cabral regressava a casa depois de ter estado de serviço no posto da GNR de Rio Maior, distrito de Santarém.

Viajava na A1 quando, pelas 13.40 horas, perdeu o controlo da viatura que capotou ao quilómetro 280.3, numa curva , em zona de descida. Chovia com intensidade naquele local, que tem sido palco de outros acidentes igualmente trágicos. Facto que pode ter contribuído para o despiste.

O cenário de horror foi presenciado por um irmão que conduzia um outro carro e que seguia perto da viatura da vítima.

Chegados ao acidente, os bombeiros da Feira e a equipa da viatura de emergência médica e reanimação (VMER) do Hospital S. Sebastião já nada puderam fazer pelo jovem que se encontrava encarcerado por entre uma amálgama de ferro e chapa.

O óbito foi declarado naquele local, tendo o cadáver seguido para o Gabinete do Instituto de Medicina Legal na Feira.

O irmão foi apoiado pelos elementos do socorro e mais tarde transportado para o hospital devido ao trauma psicológico vivido.

A A1 esteve cortada ao trânsito cerca de hora e meia, no sentido sul/norte, sendo reaberta parcialmente à circulação pelas 15 horas.

A Divisão de Trânsito da GNR tomou conta da ocorrência.

Além de militar da GNR, Vítor Duarte Palmeira Cabral era praticante federado de atletismo (marcha). Atualmente, representava o Centro de Atletismo de Ceia. Correu também pela Academia de Atletismo do Clube de Futebol de Oliveira do Douro.