Santa Maria da Feira

Funcionária que denunciou "castigos" recebe nota de culpa com vista ao despedimento

Funcionária que denunciou "castigos" recebe nota de culpa com vista ao despedimento

Cristina Tavares, a funcionária que denunciou alegados "castigos" que estava a ser alvo por parte da corticeira Fernando Couto-Cortiças, SA de Paços de Brandão, Feira, já recebeu a nota de culpa relativa ao processo disciplinar que está a ser alvo, com vista ao seu despedimento por justa causa.

De acordo com o Sindicato dos Operários Corticeiros do Norte, a funcionária, que se encontra em casa a aguardar o desenrolar do processo, recebeu a nota de culpa no início desta semana.

No documento é alegado que a funcionária denegriu a imagem da empresa, juntando-se uma série de endereços eletrónicos com artigos que saíram na Imprensa com as supostas declarações caluniosas.

Reiteram, ainda, que todas as acusações da funcionária não correspondem à verdade.

Alírio Martins, coordenador do Sindicato, afirma que, "é um modo de perseguir ainda mais a trabalhadora. Vamos responder a esta acusação e dar o apoio necessário à Cristina", adiantou.

Afirma, ainda, que foi dado conhecimento desta nota de culpa à Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT).