Santa Maria da Feira

Mais de 150 cães recolhidos em canil ilegal e sem condições

Mais de 150 cães recolhidos em canil ilegal e sem condições

Um canil ilegal, situado em Canedo, Feira, acolhe mais de 150 cães sem que estejam asseguradas as condições de bem-estar animal. A GNR prepara um processo-crime por maus tratos, mas os responsáveis pelo espaço dizem nada temer, considerando que estão a "ajudar os animais" e que, por isso, "vale apena o risco" que correm.

São às dezenas, deambulando livremente pela mata, presos a pequenas casotas ou num recinto improvisado. Não há rede própria de água nem de saneamento.

Os cães estão ao cuidado de Berta Brasão e Dick Leegwater, um cidadão holandês responsável pela Associação DZG Canedo, instituição que se apresenta gestora do local que é designado pelos próprios como "depósito temporário de animais"

O processo-crime por maus tratos anunciado pela GNR não está relacionado com qualquer agressão física aos animais, mas pela falta de condições que é admitida pelos responsáveis.

Ao JN, confirmam que o se trata de uma iniciativa que não segue os preceitos legais, mas que é justificada com a necessidade de dar resposta "às muitas solicitações" para acolherem animais abandonados.

Afirmam que as condições precárias são "um mal menor" e garantem estar a fazer um esforço para melhorar as condições. "Não temos ajuda da Câmara nem de outros organismos. Gastamos muito dinheiro para tratar dos animais, proceder à sua desparasitação, vacinação e promover a sua adoção responsável".

"O que nos preocupa é nascerem animais por todo o lado e o próprio Estado não ter soluções para eles". "É tudo uma questão política e devíamos ser mais apoiados", dizem.

A Câmara Municipal confirma a falta de condições e "está a seguir de perto o problema", mas que não há "qualquer processo de licenciamento passado para o efeito", porque, "este não é legalizável".

Casa em Louredo é depósito de mais animais

Berta Brasão e Dick Leegwater são responsáveis por acolherem mais alguns cães numa habitação situada em S. Vivente de Louredo, Feira. Aqui há queixas da vizinhança de maus cheiros e de cães que à noite são soltos. Berta e Dick justificam que ali estão alguns animais que precisam de tratamento ou que não podem estar juntos com os outros cães em Canedo.