Cultura

Santa Maria da Feira oficializa programa da "Cidade Criativa da Gastronomia"

Santa Maria da Feira oficializa programa da "Cidade Criativa da Gastronomia"

Programa com a chancela da UNESCO destaca gastronomia feirense e divulga as suas potencialidades.

A promoção da alimentação saudável e sustentável, a criação de um centro de estudo e difusão do património gastronómico e ainda um ciclo de residências para artistas emergentes são os principais objetivos de Santa Maria da Feira, enquanto membro da rede de "Cidades Criativa da Gastronomia", iniciativa promovida pela UNESCO.

A informação foi avançada, esta quinta-feira à tarde, pelo vereador da Cultura e Educação, Gil Ferreira. O autarca precisou que o programa, em parceria com a Universidade do Porto (UP), irá desenvolver-se nas escolas do concelho feirense.

Já a criação do centro de estudo e difusão do património gastronómico local irá juntar-se a um documentário relacionado com a tradicional Fogaça e "outros pães doces do território", prevendo-se, ainda, que abrange a gastronomia das Terras de Santa Maria.

Juntar a gastronomia com a música, a dança e a literatura é outro dos objetivos incluídos no ciclo de residências para artistas emergentes, iniciativa que deverá ter projeção internacional. Gil Ferreira referiu-se, ainda, a um "Diversify Food", evento gastronómico com ligações à diáspora feirense.

A iniciativa vai contar ainda com um seminário internacional sobre a alimentação do futuro, "projeto de múltiplas dimensões e para concretizar em toda a comunidade", abrangendo cultura, educação, saúde pública, internacionalização e desenvolvimento económico.

Também o presidente da Câmara Municipal reforçou que esta chancela da UNESCO "é mais uma oportunidade para afirmar a gastronomia, a restauração e os produtores" de Santa Maria da Feira.

PUB

Emídio Sousa lembrou o histórico de criatividade do município, a vários níveis, e recordou que este tem uma grande diversidade de produtos locais que ganharão uma nova visibilidade com esta designação da UNESCO.

Na apresentação desta tarde, o município assinou protocolos de parceria com a Faculdade de Ciências da Nutrição da Universidade do Porto (UP), a AHRESP - Associação de Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal e com a AGAVI - Associação para a Promoção da Gastronomia, Vinhos, Produtos Regionais e Biodiversidade.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG