Covid-19

CERCI de S. João da Madeira tem nove casos de infeção confirmados

CERCI de S. João da Madeira tem nove casos de infeção confirmados

Depois da morte de um homem, de 62 anos, por Covid-19 no Lar Residencial da CERCI de S. João da Madeira, foram confirmados mais nove casos de infeção em utentes e funcionários da instituição

Desde a morte de um utente da instituição cujo teste à Covid-19 deu positivo, todos os utentes e funcionários que estiveram em contacto com a vítima foram testados e colocados em isolamento.

António Cunha, presidente da CERCI, confirmou que há já "cinco funcionários e quatro utentes" com teste positivo e mostrou-se preocupado. Entre eles encontram-se duas psicólogas e o colega de quarto da vítima mortal que está internado no hospital de Santa Maria da Feira.

A instituição fechou as portas para conter a propagação e mantém apenas o número mínimo de funcionários para assegurar o Lar Residencial. António Cunha adianta que os utentes e colaboradoras que se mantêm "estão sem sintomas".

Esta quarta-feira, foi realizada a desinfeção das instalações.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG