Afogamento

Morreram os dois irmãos desaparecidos no Rio Vouga

Morreram os dois irmãos desaparecidos no Rio Vouga

Uma menina de 14 anos e o seu irmão, de 11 anos, morreram, este domingo, depois de desaparecerem no Rio Vouga, junto à ponte de Sernada, Macinhata do Vouga, Águeda.

A menina foi resgatada com vida e transportada para o Hospital de Aveiro em manobras de reanimação e com prognóstico muito reservado, acabando por morrer no hospital, revelou o Comando Distrital de Operações de Socorro. O irmão foi retirado da água mais tarde, já cadáver.

"Não conseguimos recuperar" a menina, foram dois mortos, disse fonte do CDOS à Agência Lusa.

A criança terá entrado na água para ajudar o irmão em dificuldades. Trata-se de uma família natural de Santa Maria da Feira, que tinha ido para aquela zona passear e aproveitar o bom tempo.

Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro de Aveiro, o alerta foi dado às 14.39 horas.

Nas operações de buscas estão envolvidos meios das corporações de bombeiros de Águeda, Albergaria-a-Velha, Sever do Vouga e Bombeiros Novos de Aveiro.

O local onde as crianças tomavam banho não está classificado como praia fluvial, mas é uma zona do rio Vouga que, pelas condições que apresenta, é por alguns frequentada como tal.